Desabafo| Me Perdi

Desabafo

Sabe quando você continua a mesma pessoa, fazendo as mesmas coisas, seguindo o fluxo da rotina da sua vida?  E ai você começa a não se reconhecer, tudo começa a incomodar, parece que essa vida não te pertence, e que essa pessoa não é quem você realmente é. e ai vem aquela pergunta inevitável. Onde foi que me perdi?

 

Passamos tanto tempo fazendo coisas no automático, fazendo o que esperam de nós, agindo como adultos maduros e responsáveis que não percebemos que aos poucos estamos nos perdendo. Um dia você deixa de comer um chocolate porque as pessoas esperam que você seja magra, no outro deixa de dançar como medo de parecer ridícula aos olhos dos outros. E assim vai se anulando, se escondendo, deixando de ser quem de fato você é, e por fim chega um tempo em que não se reconhece.

Pode ser rápido ou demorar algum tempo para que perceba que se perdeu, que está infeliz, que não gosta de quem se tornou. O trabalho está mais para um tortura, mas não tem forças para abandona-lo e sair a procura de algo que realmente te faça sentir útil. E ai se lembra que gostava tanto de ler mas algo te prende e você se quer consegue entrar em uma livraria e escolher um livro para recomeçar.

É tão frustrante e deprimente se perder a tal ponde em que se quer consiga lembrar do que gosta de fazer, do que te deixa feliz, de quem você é. E talvez, lá no fundo, bem no fundo do coração  saiba que se deixou consumir, pelo fluxo da vida. Existem pessoas que chamar isso de destino, mas nós sabemos que o real nome disso é comodismo. Nós nos acomodamos com o rumo que a vida vai nos levando. No inicio a desculpa é que somos jovens e não sabemos bem o que é a vida, e o tempo vai passando, vamos crescendo e amadurecendo, e quando a gente assusta estamos presos em uma vida e nem de longe é a que sonhamos.

você é dono da sua vida, do seu destino, e mesmo que se sinta preso, que se sinta fraco para assumir as rédeas da sua vida. É só um sensação, você não está preso de fato. Você é livre pra ser quem você quiser, e ter a vida que quiser e nunca é tarde de mais.

Se você não consegue mudar tudo, mude as poucos, compre um livro qualquer e leia, procure um outro emprego. O que no fundo quero dizer é pra você se permitir, permita-se ser diferente do que esperam que você seja, desaponte as pessoas. Você não precisa agradar todo mundo, só precisa se sentir em sintonia com se coração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s